Assim como acontece com os gastos médicos, despesas com educação não são todas dedutíveis do Imposto de Renda.

As regras da Receita Federal dizem que podem ser abatidos gastos com creches, pré-escolas, escolas de ensino fundamental e médio, cursos de graduação e pós-graduação, escolas de ensino técnico e tecnológico.

Ficam de fora, assim, cursos livres, como de línguas, e cursinhos pré-vestibulares, por exemplo.

Outro gasto que não pode ser abatido é aquele com pensão alimentícia paga extraoficialmente. A Receita Federal só permite a dedução de pensão paga em decorrência de decisão judicial ou acordo homologado judicialmente ou por escritura pública.

“Se não houver acordo e o pagamento for feito espontaneamente, não dá para deduzir. Se o acordo diz que o contribuinte deve pagar R$ 1.000 por mês e ele paga R$ 2.000, sendo R$ 1.000 por fora, por exemplo, só poderá deduzir os R$ 1.000″.